sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Novos Olhares

Olá a todos que acessam o blog, mas não comentam... Sei que estão aí pelo contador... Se continuar nesse silêncio e nessa palestra de mão única, começarei a fazer como o meu amigo Marcos, o dono do blog aí do lado: eu mesmo vou comentar meus posts (mesmo que pareça exercício de insanidade)

Vamos ao que interessa: a minha extensão de conhecimento territorial tem aumentado incrivelmente (não é à toa que já me chamo de Google maps fluminense...), novas coisas e novas vistas têm aparecido para mim. Uma delas é a arte de rua. De onde vim, esse tipo de arte é muito pouco, como que embrionário. Mas na cidade grande, na capital, já é fácil ver isso pelas ruas. Claro que isso não será a tônica das fotos por aqui, mas de vez em quando elas vão aparecer.

Hoje vou colocar um desenho que está na parte de trás de uma banca de jornal, num bairro do Rio de Janeiro. Isso só prova que, hoje em dia, não há mais lugar para arte, não há mais barreiras ou limites para colocar a arte à vista das pessoas. Espero que alguém reconheça o desenho e o lugar e poste algum comentário sobre eles. Se isso não rolar, não tem problema. O lance é curtir as inferências que fizeram da obra...











E aí, o que achou??

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Qual o seu medo?

Devido a alguns acontecimentos, não consegui deixar um post há algum tempo.



Volto com essa pergunta para comentários (espero...): Qual é o seu medo? Pergunta simples e direta, mas que necessita uma boa dose de pensamento para respostas.





Talvez a foto a seguir traga um pouco de inspiração... E fica, também, o desafio. Onde foi tirada?
Apenas a velha ressalva: cuidado, Ícaro...