domingo, 13 de setembro de 2009

Remédios e afins



Neste domingo murrento, me passou pela cabeça uma ideia que não é muito apreciável, mas não faz diferença, pois o apreciável nestes cantos dos trópicos é algo muito questionável, até mesmo a rima sem querer. É o seguinte: imagine se cada pessoa na esfera terrestre pudesse inventar (como mágica de García Márquez) o medicamento que quisesse? Sim, sim, o remédio que necessitasse para o que precisasse. Sempre. Eu sei, eu sei, não haveria mais doenças no mundo, a população iria explodir, o planeta sofrer, entre outros problemas. Porém não digo apenas remédio para o corpo, mas, também, para a alma e para o espírito. Alguma coisa que curasse esses males de forma a não deixar mais rastros e marcas dentro dos indivíduos que os inventasse.

Eu pensei em dois, já que tive este brilhante entusiasmo curativo:

-insatisfeitozina: remédio eficaz contra a insatisfação causada por vários motivos, atua direto na fonte do problema, aliviando o paciente de maneira quase instantânea. Contra-indicações: pessoas com sensibilidade ao princípio ativo e viciadas em insatisfação.

-socializol: homeopático, este composto pretende resolver, de uma vez por todas, os problemas de sociabilidade que as pessoas apresentam. O tempo máximo para se notar a diferença é de uma semana! Contra-indicações: aqueles que apresentam hiper-sensibilidade no fígado ou veneno demais escorrendo.

De uma vez, dois problemas resolvidos. Se fosse fácil assim... mas não custa tentar e imaginar. Pense nos seus também e faça uma bula. O que pode acontecer, no mínimo, é algum desses laboratórios gigantescos querer patentear o seu remedinho...

1 comentários:

Marcos AM Ramos disse...

Ok, eu criei esses aqui pra mim:

- Creremsiarina: evita a ocorrência de situações nas quais você frequentemente acha que não é capaz, que é impossível ter sucesso ou que nunca daria certo. Deve ser usado constantemente, não há risco de overdose.

- Valoril: de efeito instantâneo, evita a influência de elementos externos que tentam reduzir seu valor te subestimando. Deve ser injetado diretamente no coração.

- Voltatempol: se só depois você conseguiu concluir quais seriam os melhores caminhos a seguir, basta uma gota via oral para voltar uma hora no tempo e ter a chance de fazer melhor. 24 gotas voltam um dia, e assim por diante. ATENÇÃO: pode levar ao vício.