quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Miniconto

Ela tinha os olhos azul-oceano.

—Não mergulhe em mim, disse, me alertando.

Já era tarde demais.

2 comentários:

Elizabeth Gravina disse...

Gosto de arte - seja ela de que tipo for - que me tira o fôlego.

Esse miniconto é seu, João?

Elizabeth Gravina disse...

Arte é tudo aquilo que me tira o fôlego por alguns segundos.
Que coisa linda, João!